Relatório 2017

-50%

Relatório 2017

R$ 10,00 R$ 5,00

Relatório de Violência contra Jornalistas e Liberdade de Imprensa no Brasil, 2017.

REF: RV-2017 Categorias: , Tags: , , , ,
  • Descrição
  • Avaliações (0)

Descrição

A violência contra jornalistas diminuiu em 2017, em comparação com 2016. Foram registrados 99 casos de agressões contra a categoria, 38,51% a menos do que em 2016, quando houve 161 agressões. Em 2017, também não ocorreu nenhum caso de assassinato em decorrência do exercício profissional do Jornalismo e houve grande redução de mortes de outros profissionais da comunicação e comunicadores populares. Em 2017, houve um único caso: o blogueiro Luís Gustavo da Silva foi assassinado no Ceará. Quatro jornalistas foram demitidos em razão de comentários que teceram ou de reportagens que produziram e que geraram reações negativas. Um jornalista foi suspenso por 30 dias, após fazer comentários em seu perfil numa rede social sobre a direção da Fundação Piratini, em Porto Alegre.Houve ainda casos de censura interna nas redações. Foi registrado um aumento proporcional dos casos de cerceamento à liberdade de imprensa por ações judiciais. Foram registrados 12 casos nessa modalidade, o que representa 12,12% do total. Em 2016, esse porcentual foi de 11,18%.

Avaliações

Não há avaliações ainda.


Seja o primeiro a avaliar “Relatório 2017”